VIVÊNCIAS DE CUIDADORES DE PORTADORES DE ESQUIZOFRENIA

Maria Luana Alves do Nascimento, Francisca Elidivânia de Farias Camboim, José Cleston Alves Camboim, Elicarlos Nunes Marques, Milena Nunes Alves de Sousa

Resumo


Objetivou-se descrever as vivências de cuidadores de portadores de esquizofrenia e evidenciar as mudanças sociais enquanto cuidador do portador da esquizofrenia. Para tanto, foi realizada pesquisa de campo, de caráter descritivo com abordagem qualitativa, realizada no Centro de Atenção Psicossocial II localizado no município de Patos, Paraíba. O estudo foi desenvolvido com cinco cuidadores de portadores de esquizofrenia e a coleta ocorreu entre os meses de setembro e outubro de 2015. Os dados foram transcritos e analisados mediante a Técnica de Conteúdo. Os resultados mostraram que os cuidadores se dão muito bem com o esquizofrênico, embora os mesmos não tenham muito conhecimento sobre a doença mental, o que contribui muito para a qualidade de vida dos portadores de esquizofrenia. Refletir sobre a esquizofrenia é reconhecer a família fragilizada, sem saber o que fazer no primeiro momento, mas que se adéqua à nova realidade, vivência a doença em todas as etapas, supera os traumas e anseia pela saúde de seu familiar.

 


Palavras-chave


Cuidador; Esquizofrenia; Saúde mental

Texto completo:

PDF


Essa revista é melhor visualizada no navegador MOZILLA FIREFOX.

ISSN: 2175-1323 - R. Saúde públ. Santa Cat. Florianópolis, Santa Catarina - Brasil