Perfil de Usuários que Buscam Atendimento Fisioterapêutico para Incontinência Urinária em um Centro de Saúde do Município de Porto Alegre

Cássia Colla, Angela Peña Ghisleni, Luciana Laureano Paiva

Resumo


A Incontinência Urinária, definida como qualquer perda involuntária de urina, é reconhecida como um problema de saúde pública multifatorial e que tem a opção terapêutica da Fisioterapia. Este trabalho objetiva descrever o perfil de usuários da atenção básica do Sistema Único de Saúde que buscaram atendimento fisioterapêutico para Incontinência Urinária em um Centro de Saúde de Porto Alegre, entre março de 2012 e abril de 2014. Trata-se de um estudo transversal, documental e retrospectivo, de abordagem quantitativa. Foram analisadas as anamneses de 95 pacientes (84 mulheres e 11 homens). A média de idade das mulheres foi 63 anos e 65,5 anos para os homens. O tempo desde o início dos sintomas obteve média de 25 anos entre as mulheres e 11 meses entre os homens. Entre as mulheres, 13,2% apresentam Diabete Mellitus, 48,8% relatam Hipertensão Arterial Sistêmica e 48,8% realizaram cirurgia pélvica. A média de partos foi 6,5 (59,5% parto normal - 30,9% com fórceps e 64,3% com episiotomia -, 9,5% cesariana e 26,2% ambos). Entre os homens, 36,3% apresentam Diabete Mellitus, 54,5% Hipertensão Arterial Sistêmica e 72,7% realizaram prostatectomia. O perfil de pacientes demonstrado nesse estudo foram adultos e idosos com mais de 40 anos, sobretudo mulheres que realizaram parto normal ou cirurgias pélvicas. No sexo masculino, observou-se alta incidência de pacientes que realizaram prostatectomia. Os pacientes avaliados apresentaram elevado percentual de Hipertensão Arterial Sistêmica. Verificou-se o elevado tempo de convívio com a Incontinência Urinária, principalmente entre as mulheres, por considerarem parte do envelhecimento, demonstrando a necessidade de maior esclarecimento da população acerca do tema.

 


Palavras-chave


Incontinência urinária; Fisioterapia; Envelhecimento; Sistema Único de Saúde.

Texto completo:

PDF


Essa revista é melhor visualizada no navegador MOZILLA FIREFOX.

ISSN: 2175-1323 - R. Saúde públ. Santa Cat. Florianópolis, Santa Catarina - Brasil