A Implementação do Protocolo do Programa Hora de Comer em um Centro de Saúde da Família de Florianópolis: Um relato de Experiência Interdisciplinar

Janaina das Neves, Nelize Moscon Marafon, Rafaella Cristina Dimbarre de Miranda

Resumo


A desnutrição infantil ainda desafia os profissionais de saúde, uma vez que tem causas biológicas e também sociais. Este artigo descreve a experiência exitosa na adesão das famílias na Hora de Comer - um Programa de Suplementação Alimentar para Crianças em Situação de Risco Nutricional e Baixo Peso em um Centro de Saúde da Família de Florianópolis. A pesquisa tem caráter descritivo/qualitativo, tendo a observação participante como instrumento para a coleta dos dados.  A abordagem interdisciplinar com as famílias recuperou a participação ativa destas no Programa e possibilitou a formação de vínculo entre elas e respectivas equipes de saúde. Ressalta-se o papel fundamental dos Agentes Comunitários de Saúde no acompanhamento a estas famílias bem como sua participação nas reuniões educativas no Grupo, uma vez que, os resultados demonstraram que é importante que toda a equipe se preocupe pela situação da criança. Conclui-se que os profissionais de saúde devem considerar em suas ações os problemas multidimensionais envolvidos na determinação da desnutrição infantil e procurar assistir integralmente as famílias, por meio de investigação da realidade, da criação de vínculos e da efetiva articulação intersetorial para proteção social das mesmas.


Palavras-chave


Desnutrição infantil; Saúde da família; Interdisciplinaridade.

Texto completo:

PDF


Essa revista é melhor visualizada no navegador MOZILLA FIREFOX.

ISSN: 2175-1323 - R. Saúde públ. Santa Cat. Florianópolis, Santa Catarina - Brasil